0

Técnicas para obter boa memória


No meio da correria do dia a dia, podemos acabar esquecendo informações valiosas para uma apresentação no trabalho e até mesmo a matéria que estudamos para uma prova ou concurso. Muitas vezes isso acontece por stress, falta de organização, e também por não estabelecermos claramente nossas prioridades em curto, médio e longo prazo.
Todos sabemos que não existe uma fórmula mágica que nos faça lembrar de absolutamente tudo na nossa vida, mas nós sabemos que existem diversas técnicas que podem nos ajudar e muito a organizar as nossas ideias. Por isso, colocamos aqui algumas dicas essenciais para aprimorarmos nossa memória.
Vamos a elas!

1. Entenda profundamente o assunto que você precisa lembrar, pois isso lhe permitirá estabelecer relações com outros assuntos adjacentes que você já domina. Dessa maneira, uma coisa acaba “puxando” a outra.

2. Faça associações também entre o que você precisa lembrar e uma pessoa, lugar, situação ou sentimento. Se você tem um aviso sobre um cliente que ligou a dar ao seu supervisor, por exemplo, procure associar o “cliente” ao “supervisor”, e não o “aviso” ao “supervisor”, pois você pode acabar esquecendo quem era o cliente.

3. Procure algumas vezes ao dia recitar para si mesmo a informação necessária, e também escreva-a mais de uma vez em sua agenda. Isso incentiva a memória auditiva e a memória visual.

4. Se você possui muitas informações para lembrar, quebre-as em categorias menores para administrá-las melhor (e se possível, anote-as em um pedaço de papel). É muito mais fácil memorizar mais informações agrupadas por tópicos / categorias do que uma informação muito complexa dispersa.

5. Você também pode organizar suas informações em pequenas tabelas ou planilhas em sua agenda ou computador. Desse modo, você não ficará com milhares de anotações espalhadas pela mesa e não perderá tempo caso queira consultá-las.

6. Tente sempre colocar algo que venha de você na informação que você precisa guardar. Isto é, procure já lembrar da sua opinião sobre o assunto, os seus pontos de vista. Isso facilita inclusive na hora em que você precisar compartilhar essa informação com alguém.

7. Procure formar uma imagem da informação na sua cabeça criando mind maps. Isso pode ajudar a construir linhas de raciocínio e a não se perder na hora em que precisar usá-la.

8. Mantenha sempre o foco no que há de mais relevante nas suas informações, pois é isso que o guiará na hora de lembrar dos pormenores. Sabendo o que é essencial, fica mais fácil desenvolver qualquer assunto.

9. Faça pequenos jogos e frases criativas. Pegue a primeira letra de cada assunto que você precisa lembrar e tente montar uma palavra conhecida. Essa pode ser uma maneira lúdica de brincar com a sua memória a qualquer momento do dia.

10. Questione-se e teste-se frequentemente. Em um momento em que você estiver com tempo livre, procure dedicar alguns minutos para tentar lembra-se de todo o necessário. Caso não consiga, reveja a informação e adote alguma das técnicas anteriores.

http://blog.methodus.com.br/10-dicas-para-aprimorar-a-memoria

0 comentários:

Postar um comentário

Vem comigo!

Método das Boquinhas - Renata Jardini

Loading...

Educação Especial

Loading...

Disfagia

Loading...

Fonoaudiologia Estética

Loading...

Gagueira

Loading...

A Divulgação da Fonoaudiologia!

AVISO

Este Blog é uma central de compartilhamento de informações, notícias, trabalhos científicos e arquivos. Sendo seu objetivo principal a interação entre fonoaudiólogos ou estudantes de fonoaudiologia e áreas correlacionadas, sendo assim sua participação é sempre de extrema importância. Além das informações e orientações sobre Fonoaudiologia e áreas correlacionadas, estarão disponíveis materiais terapêuticos, sendo que as autorias sempre serão respeitadas. O fornecimento dos Download visa suprir a dificuldade de acesso e aquisição de materiais em nossas áreas de atuação, porem jamais fazendo apologia a pirataria. Assim deixo um pedido: Caso possam adquirir as obras nas livrarias, compre-as, contribuindo assim com os autores e com o movimento da máquina científica. As publicações de minha autoria que estão sendo disponibilizadas podem ser utilizadas de forma livre pelos visitantes, peço apenas que divulguem a fonte e autoria do material.
“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento ao Odontopediatra, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia,Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”