0

Testes identificam distúrbios respiratórios do sono!



SAÚDE: Testes identificam distúrbios respiratórios do sono
Sleeping girl, jamocha76, Stock,xchng
Crianças que roncam, apresentam cansaço e dificuldades de concentração podem ter seu desenvolvimento prejudicado.

Ser saudável durante a infância é fundamental para que a na fase adulta o indivíduo tenha uma boa qualidade de vida. Para que o desenvolvimento das crianças seja adequado, vários especialistas da saúde se dedicam a esta faixa etária, inclusive a ortodontia e a ortopedia facial.

“Estas duas áreas atuam nas questões dos distúrbios respiratórios obstrutivos que forçam a criança a respirar pela boca e não pelo nariz, órgão apropriado para exercer essa função”, destaca Gerson Köhler, ortodontista e ortopedista-facial da Köhler Ortofacial.

Para o especialista, que é professor convidado da pós-graduação da UFPR desde 1988 e é pós-graduado em Ortopedia Funcional dos Maxilares, o crescimento e o desenvolvimento da face pode ser alterado devido à respiração incorreta. “A abertura crônica da boca durante o sono e também de dia prejudica o equilíbrio da musculatura do rosto. Esta ação muscular inadequada sobre os ossos faciais pode causar o crescimento incorreto da face, com a presença de problemas ortopédicos e ortodônticos, que são caracterizados, primeiro por ossos faciais com crescimento inadequado e a seguir por dentes mal posicionados nas arcadas dentárias”, explica.

Os ossos da face possuem muita plasticidade durante a infância e a capacidade de deformação neste período da vida é muito grande. Segundo Gerson, os dentes são praticamente ‘reféns’ das arcadas dentárias e se estes ossos que os sustentam são deformados, eles também irão nascer em posições inadequadas. “Além dos problemas funcionais, há ainda as questões estéticas e as influências emocionais, já que as crianças sofrem por serem diferentes das outras e ficam com complexo de feiura. Os distúrbios respiratórios obstrutivos alteram e muito a qualidade de vida da criança”, ressalta.

Por interferir tanto no desenvolvimento dos pequenos, os ortodontistas pediátricos e ortopedistas faciais – e demais médicos que atuam sobre a saúde infantil – estão preocupados com os distúrbios respiratórios obstrutivos. “Outra questão ligada a este problema é a liberação do hormônio do crescimento. Ele é liberado durante a noite, nas fases mais profundas do sono, e se o sono da criança for de má qualidade ou de pouca quantidade ela tende a ter déficit no crescimento com alterações no peso e na altura”, acrescenta.

A criança que respira pela boca por causa das obstruções nas vias aéreas superiores, como adenoide ou amígdalas hipertrofiadas, tende a roncar e acordar várias vezes durante o sono de forma inconsciente, passando a noite apenas nas fases superficiais do sono. “Isto prejudica a liberação do hormônio do crescimento. O sono das crianças deve sempre merecer atenção especial dos pais, pois é fundamental para seu correto processo de crescimento e desenvolvimento corporal e sua inerente qualidade de vida e bem-estar”, evidencia.

Juarez Köhler, especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial, que também faz parte da equipe interdisciplinar da Köhler Ortofacial, explica que estudos da área pediátrica são unânimes em afirmar que a respiração inadequada tem repercussões sobre a qualidade do sono das crianças. “O crescimento corporal e facial tem relação direta com a forma como a criança respira e também como dorme. Especialistas recomendam que na infância o horário para dormir é entre as 19:30 e 20:30 horas, fato que pela correria do mundo moderno não é levado em consideração”, observa.

Nilse Köhler, a especialista em distúrbios funcionais da face da equipe aponta que, em termos biológicos, é um absurdo as crianças ficarem acordadas até a meia-noite, por exemplo. Crianças irritadas, cansadas, com sonolência durante o dia e dificuldades de concentração na escola sinalizam que o sono não anda bem. “Para checar a qualidade de vida - diurna - das crianças em relação aos distúrbios respiratórios do sono existem questionários específicos, um deles o  OSA-18 e outro o EPSD - Escala Pediátrica de Sonolência Diurna (do Iowa Sleep Disorders Center - USA) que são aplicados por profissionais da área pediátrica em geral. De acordo com os resultados dos testes é possível identificar se está ocorrendo algum distúrbio desta natureza”, esclarece.

0 comentários:

Postar um comentário

Vem comigo!

Método das Boquinhas - Renata Jardini

Loading...

Educação Especial

Loading...

Disfagia

Loading...

Fonoaudiologia Estética

Loading...

Gagueira

Loading...

A Divulgação da Fonoaudiologia!

AVISO

Este Blog é uma central de compartilhamento de informações, notícias, trabalhos científicos e arquivos. Sendo seu objetivo principal a interação entre fonoaudiólogos ou estudantes de fonoaudiologia e áreas correlacionadas, sendo assim sua participação é sempre de extrema importância. Além das informações e orientações sobre Fonoaudiologia e áreas correlacionadas, estarão disponíveis materiais terapêuticos, sendo que as autorias sempre serão respeitadas. O fornecimento dos Download visa suprir a dificuldade de acesso e aquisição de materiais em nossas áreas de atuação, porem jamais fazendo apologia a pirataria. Assim deixo um pedido: Caso possam adquirir as obras nas livrarias, compre-as, contribuindo assim com os autores e com o movimento da máquina científica. As publicações de minha autoria que estão sendo disponibilizadas podem ser utilizadas de forma livre pelos visitantes, peço apenas que divulguem a fonte e autoria do material.
“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento ao Odontopediatra, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia,Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”