0

Aprenda estimular um bebê!


Prepare-se: assim que começa a sentar sem apoio, seu bebê adquire uma visão melhor do ambiente e tudo será objeto de uma saudável curiosidade, que é ponto de partida para a aquisição e o desenvolvimento de inúmeras habilidades.

Para enxergar melhor algo que despertou sua atenção ou impulsionada pelo desejo de alcançar um objeto distante, por exemplo, a criança irá intensificar as tentativas de se deslocar sem ajuda. Logo, estará se arrastando pelo chão apoiada no bumbum ou mergulhando de barriga. Depois, vai descobrir como se apoiar com as mãos e os joelhos e engatinhar.

As explorações e brincadeiras desta fase permitem ao bebê expandir seu desenvolvimento como um todo. "A criança se relaciona com o ambiente exercitando todos os sentidos, e cabe aos pais incentivarem as experiências do pequeno com atividades e brincadeiras variadas", afirma a pedagoga Julia Manglano, de São Paulo.

Evite só ficar com o bebê no colo ou de deixá-lo em espaços limitados, como cercados, durante longas horas. Seu filho precisa brincar no chão e explorar o ambiente. Claro que alguns cuidados básicos de segurança devem ser tomados. "Afinal, os pequenos não têm noção de perigo e dependem do olhar atento dos pais para se guiar nas suas primeiras aventuras", diz Julia.

Para favorecer a locomoção
Motive a criança a se movimentar colocando alguns dos brinquedos preferidos dela a certa distância. Se necessário, incentive-a pedindo que vá buscá-los.
Proporcione a oportunidade de brincar em diferentes superfícies, como grama, tapetes e areia.
Experimente colocá-lo sobre uma bola grande e movê-lo para a frente e para trás e de um lado para o outro. Quando ele estiver no colo, balance-o em várias direções com suavidade.
Aproveite pelo menos os fins de semana para levá-lo no parque, no clube e em lugares onde ele possa circular mais livremente.

Para acelerar as habilidades manuais
Junte os brinquedos em pequenas caixas e deixe que o bebê manipule esses objetos à vontade, pegando-os e guardando-os de volta. A criança também vai se divertir brincando de tirar e recolocar as meias na gaveta.
Ofereça brinquedos de encaixe simples e recipientes que ela consiga montar e desmontar ou tampar e destampar com facilidade.
Permita que o bebê tenha contato com diversos objetos de diferentes tamanhos, pesos e texturas, mesmo que não sejam brinquedos.
Incentive-o nas atividades com água e areia limpa.
Dê livros de capa dura para que ele tente folhear.
Libere revistas velhas para seu filho amassar e rasgar.
Para estimular a inteligência auditiva
Coloque música de qualidade para o pequeno ouvir durante uma hora por dia.
Leia ou conte histórias infantis para ele todos os dias.
Se souber tocar um instrumento, faça apresentações especiais para o filhote.
Garimpe livros infantis que reproduzam os sons de diferentes instrumentos ou grave esses sons para que ele comece a distingui-los.

Para aperfeiçoar a capacidade visual
Organize passeios de "aprendizagem". É simples: basta circular com a criança no colo pelos vários espaços da casa, apontando e nomeando até dez objetos diferentes. Repita o mesmo roteiro durante uma semana, até perceber que o bebê já começa a reconhecer cada um dos objetos.
Mostre fotos grandes e diga o nome das pessoas, especialmente daquelas com quem ele mais convive.

Para ensinar as primeiras palavras
Faça perguntas e responda você mesma, tomando o cuidado de usar poucas palavras. Por exemplo: "Tudo bem?" e, em seguida: "Tudo". Ou: "Quantos anos você vai fazer?" e, logo depois respondendo: "Um".
No carro, na hora do banho, no almoço: sempre que estiverem juntos, cante e converse com seu filho.
Recite poesias curtas, com rimas fáceis e sonoras.

Fonte: Revista Cláudia
http://fonodanischepi.blogspot.com/2011/08/bebe-inteligente-aprenda-estimular-as.html

0 comentários:

Postar um comentário

Vem comigo!

Método das Boquinhas - Renata Jardini

Loading...

Educação Especial

Loading...

Disfagia

Loading...

Fonoaudiologia Estética

Loading...

Gagueira

Loading...

A Divulgação da Fonoaudiologia!

AVISO

Este Blog é uma central de compartilhamento de informações, notícias, trabalhos científicos e arquivos. Sendo seu objetivo principal a interação entre fonoaudiólogos ou estudantes de fonoaudiologia e áreas correlacionadas, sendo assim sua participação é sempre de extrema importância. Além das informações e orientações sobre Fonoaudiologia e áreas correlacionadas, estarão disponíveis materiais terapêuticos, sendo que as autorias sempre serão respeitadas. O fornecimento dos Download visa suprir a dificuldade de acesso e aquisição de materiais em nossas áreas de atuação, porem jamais fazendo apologia a pirataria. Assim deixo um pedido: Caso possam adquirir as obras nas livrarias, compre-as, contribuindo assim com os autores e com o movimento da máquina científica. As publicações de minha autoria que estão sendo disponibilizadas podem ser utilizadas de forma livre pelos visitantes, peço apenas que divulguem a fonte e autoria do material.
“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento ao Odontopediatra, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia,Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”