0

Orientações aos familiares de Afásicos


Afasia é a perda total ou parcial da faculdade de se expressar pensamentos por meio da fala, escrita ou gestos, podendo também interferir na compreesnão daquilo que é falado. Ou seja, além do paciente possuir dificuldades na fala, escrita ou gestos; o mesmo pode também apresentar dificuldades em entender aquilo que as pessoas falam com ele. De nada tendo haver com um problema de inteligência ou dificuldades auditivas /surdez.

A Afasia pode ser consequências diversas: AVS, infartos, embolias, aneurismas, tumores cerebrais, plesando uma determinada área do cérebro responsável pelos movimentos voluntários e até mesmos involuntáios, dependendo do caso.

O tratamento é feito multidisiplinar :Médico, fonoaudiólogo e áreas afins a patologia.

A Afasia não gera apenas prejuízos na área de linguagem, mas também, na psicológica (os indivíduos se tornam introvertidos, mal-humorados ,nervosos, tristes e desanimados) o desejo sexual continua presente ,mas, a impotência para ereção pode aparecer; dentre outras características.

É sempre bom conversar com seu fonoaudiólogo para que possa melhor direcioná-lo, junto à equipe, a melhor conduta a ser praticada.



Nestes casos a famíia deverá ter conhecimento sobre:

- As perdas que o Afásico sofre no dia - a - dia e como ajudar

- Como pode melhorar a relação com o familiar em casa

- A melhora do paciente e sua recuperação depende da lesão e do quanto o mesmo é estimulado. É importante assim, dar sequência e sem faltar o tratamento, para não atrapalhar a organização cerrebral do paciente e sua melhora. Para tanto qualquer falta, poderá comprometer SERIAMENTE o desenvolvimento do paciente.

- Não tratar o paciente como criança.

- Respeite sua opinião e vontades, ele tem sentimentos como você. A independência futura dele começa pelas suas atitudes.

- Se o paciente possuir dificuldades em suas atividades íntimas,como o banho ou ir ao banheiro, procure um familiar que já o ajudava anteriormente para não constranger ainda mais o mesmo.

- Faça com que o mesmo retorne suas atividades paulatinamente, e aos poucos. Ex: Ao invés de ficar de pijama o dia todo, peça que o mesmo troque de roupas e ajude nas atividades fáceis em casa.

- Não obrigue o mesmo a participar de atividades que não queira.

- Evitar assuntos como doenças, cobranças, que possam atrapalhar o desenvolvimento do paciente.

- É normal ora o paciente responder corretamente, ora não conseguir. O importante é sempre encorajá-lo a participar.

- Mesmo que o paciente apresente dificuldades no manuseio de objetos, encorajálo a fazer sempre, mesmo que não saia 100 % correto. Ele chegará lá.

-Quanto a comunicação, sempre assente-se de frente ao mesmo, dando importância ao que o paciente fale.

- Quando a família perceber que o paciente estiver apresentando dificuldades para compreender uma açõa, faça uso de objetos concretos.Ex: Pergunte: "Que almoçar?-Segure o prato e pergunte!"

- Fale com o paciente com velocidade normal, sem cortar ou separar sílabas lentamente.

- Quando o pacienteestiver reunidos com muitas pessoas, fale uma pessoa de cada vez; falando semrpe frases curtas e simples.

- Quando não conseguir falar uma palavra ou se expressar muito bem, não cobre, apenas dê o modelo correto.

- Elogie seus progressos, nunca demosntre ansiedade ou critique.

0 comentários:

Postar um comentário

Vem comigo!

Método das Boquinhas - Renata Jardini

Loading...

Educação Especial

Loading...

Disfagia

Loading...

Fonoaudiologia Estética

Loading...

Consciência Fonológica em crianças de 3 anos pelo Método das Boquinhas

Loading...

A Divulgação da Fonoaudiologia!

AVISO

Este Blog é uma central de compartilhamento de informações, notícias, trabalhos científicos e arquivos. Sendo seu objetivo principal a interação entre fonoaudiólogos ou estudantes de fonoaudiologia e áreas correlacionadas, sendo assim sua participação é sempre de extrema importância. Além das informações e orientações sobre Fonoaudiologia e áreas correlacionadas, estarão disponíveis materiais terapêuticos, sendo que as autorias sempre serão respeitadas. O fornecimento dos Download visa suprir a dificuldade de acesso e aquisição de materiais em nossas áreas de atuação, porem jamais fazendo apologia a pirataria. Assim deixo um pedido: Caso possam adquirir as obras nas livrarias, compre-as, contribuindo assim com os autores e com o movimento da máquina científica. As publicações de minha autoria que estão sendo disponibilizadas podem ser utilizadas de forma livre pelos visitantes, peço apenas que divulguem a fonte e autoria do material.
“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento ao Odontopediatra, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia,Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”