2

Articulando com uso de Trava - Línguas: Auxílio na Dicção



Os trava-línguas fazem parte das manifestações orais da cultura popular, são elementos do nosso folclore, como as lendas, os acalantos, as parlendas, as adivinhas e os contos. O que faz as crianças repeti-los é o desafio de reproduzi-los sem errar. Entra aqui também a questão do ritmo, pois elas começam a perceber que, quanto mais rápido tentam dizer, maior é a chance de não concluir o trava-línguas. Esse tipo de poema pode ser um bom recurso para trabalhar a leitura oral, com o cuidado de não expor alunos com mais dificuldades. É nessa leitura que melhor se observa o efeito do trava-línguas e, dependendo da atividade, passa a ser uma brincadeira que agrada sempre. Os trava-línguas podem ainda ser escritos para criar uma coletânea de elementos do folclore e pesquisados em diferentes fontes: livros, sites na internet ou revistas de passatempos.
É usado na Fonoaudiologia como método alternativo para trabalhar a articulação de fala, melhorar a dicção e a estética. Resolvi postar aqui alguns exemplos de trava língua espero que vocês gostem!

Maria-Mole é molenga, se não é molenga,
Não é Maria-Mole. É coisa malemolente,
Nem mala, nem mola, nem Maria, nem mole.
___________________
Tinha tanta tia tantã.
Tinha tanta anta antiga.
Tinha tanta anta que era tia.
Tinha tanta tia que era anta.
___________________
O sabiá não sabia.
Que o sábio sabia.
Que o sabiá não sabia assobiar.
____________________
O doce perguntou pro doce
Qual é o doce mais doce
Que o doce de batata-doce.
O doce respondeu pro doce
Que o doce mais doce que
O doce de batata-doce
É o doce de doce de batata-doce.
_____________________
Olha o sapo dentro do saco
O saco com o sapo dentro,
O sapo batendo papo
E o papo soltando o vento.
_____________________
A lontra prendeu a
Tromba do monstro de pedra
E a prenda de prata
De Pedro, o pedreiro.
_____________________
Disseram que na minha rua
Tem paralelepípedo feito
De paralelogramos.
Seis paralelogramos
Tem um paralelepípedo.
Mil paralelepípedos
Tem uma paralelepípedovia.
Uma paralelepípedovia
Tem mil paralelogramos.
Então uma paralelepípedovia
É uma paralelogramolândia?
__________________
Lalá, Lelé e Lili
E suas filhas,
Lalalá, Lelelé e Lilili
E suas netas
Lalelá, Lelalé e LeLali
E suas bisnetas
Lilelá, Lalilé e Lelali
E suas tataranetas
Laleli, Lilalé e Lelilá
cantavam em coro
LALALALALALALALÁ.
_________________
A aranha arranha a rã.
A rã arranha a aranha.
Nem a aranha arranha a rã.
Nem a rã arranha a aranha.
_________________
Não confunda
Ornitorrinco com
Otorrinolaringologista,
Ornitorrinco com ornitologista,
Ornitologista com
Otorrinolaringologista,
Porque ornitorrinco
É ornitorrinco,
Ornitologista é ornitologista
E otorrinolaringologista é
Otorrinolaringologista.
___________________
Larga a tia, largatixa!
Lagartixa, larga a tia!
Só no dia que sua tia
Chamar largatixa
de lagartinha!
___________________
Cinco bicas, cinco pipas, cinco bombas.
Tira da boca da bica, bota na boca da bomba.
Bote a bota no bote e tire o pote do bote.
Quem a paca cara compra, paca cara pagará.
_____________________
O peito do pé de Pedro é preto.
Quem disser que o peito do pé de Pedro é preto,
tem o peito do pé mais preto do que o peito do pé de Pedro.
_____________________
O rato roeu a roupa do rei do Roma.
Rainha raivosa rasgou o resto.
_____________________
Se cada um vai a casa de cada um
é porque cada um quer que cada um lá vá.
Porque se cada um não fosse a casa de cada um
é porque cada um não queria que cada um fôsse lá.
_____________________

Lá de trás de minha casa
Tem um pé de umbu butando
Umbu verde, umbu maduro,
Umbu seco, umbu secando.
do filme "Central do Brasil"
_____________________

Um ninho de mafagafos, com cinco mafagafinhos,
quem desmafagafizar os mafagafos, bom desmafagafizador será.
_____________________
Três tigres tristes para três pratos de trigo.
Três pratos de trigo para três tigres tristes.
_____________________

Em um ninho de mafagafos haviam sete mafagafinhos;
quem amafagafar mais mafagafinhos, bom amagafanhador será.
_____________________

O tempo perguntou pro tempo
quanto tempo o tempo tem.
O tempo respondeu pro tempo
que o tempo tem tanto tempo
quanto tempo o tempo tem.
_____________________

Gato escondido com rabo de fora
tá mais escondido que rabo escondido
com gato de fora.
_____________________

Se o bispo de Constantinopla
a quisesse desconstantinoplatanilizar
não haveria desconstantinoplatanilizador
que a desconstantinoplatanilizaria
desconstantinoplatanilizadoramente.
____________________

La vem o velho Felix com o fole velho nas costas.
Tanto fede o velho Felix, quanto o fole velho nas costas do velho Felix, fede
__________________

Casa suja, chão sujo
__________________

Se a liga me ligasse, eu também ligava a liga.
Mais a liga não me liga, eu também não ligo a liga
__________________

Se o papa papasse papa
Se o papa papasse pão,
Se o papa tudo papasse
Seria um papa -papão
__________________

Tres prato de trigo para tres tigres tristes!
__________________

A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada.

A mulher barbada tem barba boba babada e um barbado bobo todo babado!
__________________

A vida é uma sucessiva sucessão de sucessões
que se sucedem sucessivamente, sem suceder o sucesso...
__________________

Atrás da porta torta tem uma porca morta.
__________________

A naja egípcia gigante age e reage hoje, já.
__________________

A babá boba bebeu o leite do bebê.
__________________

A rua de paralelepípedo é toda paralelepipedada.
__________________

Bagre branco, branco bagre.
__________________

Bote a bota no bote e tire o pote do bote.
__________________

Caixa de graxa grossa de graça.
__________________

Cozinheiro cochichou que havia cozido chuchu chocho num tacho sujo.
__________________

Chega de cheiro de cera suja.
__________________

Devora Dor Doída, Distante Da Dor Desmedida, Daquilo Dista Dimensões, Do Devorador Disto!
__________________

É preto o prato do pato preto.
__________________

É muito socó para um socó só coçar.
__________________

E a Rosa Rita Ramalho do rato a roer se ria !!!!
__________________

Eu cantarolaria, ele cantarolaria, nós cantarolaríamos, eles cantarolariam.
__________________

Eu congelo a água gelada com gelo que tem selo à prova d'água.
__________________

Em rápido rapto, um rápido rato raptou três ratos sem deixar rastros.
__________________

Essa trava é uma trova prá te entravar. Entravar com uma trova é uma trava de lascar!
__________________

Essa pessoa assobia, enquanto amassa e assa a massa da paçoca de amendoim.
__________________

Fia, fio a fio , fino fio, frio a frio.
__________________

Farofa feita com muita farinha fofa faz uma fofoca feia.
__________________

Gato escondido com rabo de fora
tá mais escondido que rabo escondido com gato de fora.
__________________

Luiza lustrava o lustre listrado; o lustre lustrado Luzia.
__________________

Não sei se é fato ou se é fita,
Não sei se é fita ou fato.
O fato é que você me fita
E fita mesmo de fato.
__________________

0 desinquivincavacador das caravelarias desinquivincavacaria
as cavidades que deveriam ser desinquivincavacadas.
__________________

O marteleiro acertou Marcelo com o martelo. Martelo, marteleiro, martelada, Marcelo, dor que não quero!
__________________

O padre pouca capa tem, porque pouca capa compra.
__________________

O que é que Cacá quer? Cacá quer caqui. Qual caqui que Cacá quer? Cacá quer qualquer caqui.
__________________

O tatuador tatuado tatuou a tatua do tatu. Tatua tatuada enfezada, tatuou o tatu e o tatuador já tatuado!
__________________

Pardal pardo, por que parlas? Parlo porque sempre parlei, porque sou pardal pardo, parlador del-rei.
__________________

Para ouvir o tique-taque, Tique-taque, tique-taque, Depois que um tique toca E que se toca um taque.
__________________

Pôr o rabo de barro num burro sem rabo.
__________________

Rebola reboladeira, menina reboladora. Rebolando é que se rebola, cuidado para não pegar o "amigo" do ébola!
__________________

Sabia que a mãe do sabiá não sabia que o sabiá sabia assobiar?
__________________

Se a liga me ligasse, eu ligava a liga, mas como a liga não me liga, eu não ligo a liga.
__________________

Língua custosa eu sei falar água cheira chitangua tanguarita oratangua.


Fonte:www.recantodasletras.com.br

2 comentários:

The Fool disse...

Muito boa a postagem!
Uma doutora aqui do posto pegou alguns trava-lingua para usar com pacientes.
Obrigado!

adfe disse...

Foi muito útil para mim, obrigado pela ajuda. Desejo muito sucesso em sua carreira. BJOS!!!!!!

Postar um comentário

Vem comigo!

Método das Boquinhas - Renata Jardini

Loading...

Educação Especial

Loading...

Disfagia

Loading...

Fonoaudiologia Estética

Loading...

Consciência Fonológica em crianças de 3 anos pelo Método das Boquinhas

Loading...

A Divulgação da Fonoaudiologia!

AVISO

Este Blog é uma central de compartilhamento de informações, notícias, trabalhos científicos e arquivos. Sendo seu objetivo principal a interação entre fonoaudiólogos ou estudantes de fonoaudiologia e áreas correlacionadas, sendo assim sua participação é sempre de extrema importância. Além das informações e orientações sobre Fonoaudiologia e áreas correlacionadas, estarão disponíveis materiais terapêuticos, sendo que as autorias sempre serão respeitadas. O fornecimento dos Download visa suprir a dificuldade de acesso e aquisição de materiais em nossas áreas de atuação, porem jamais fazendo apologia a pirataria. Assim deixo um pedido: Caso possam adquirir as obras nas livrarias, compre-as, contribuindo assim com os autores e com o movimento da máquina científica. As publicações de minha autoria que estão sendo disponibilizadas podem ser utilizadas de forma livre pelos visitantes, peço apenas que divulguem a fonte e autoria do material.
“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento ao Odontopediatra, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia,Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”