0

Como cuidar da sua Voz


O que é a voz?

Pode considerar-se a Voz como o som resultante da vibração das cordas vocais, provocada pela passagem do ar, através da laringe, no momento em que as duas cordas se aproximam. Este som será posteriormente modelado pelas cavidades de ressonância (faringe, cavidade bucal e fossas nasais).



A Voz é a forma mais comum de comunicação, sendo da maior importância nas relações sociais e na vida profissional. Só usando a voz de uma forma correcta e tendo cuidados com a sua utilização é possível manter uma "voz saudável" durante toda a vida.

Para cuidar bem da sua voz, siga estas dicas essenciais:
- Se hidrate adequadamente para garantir flexibilidade das pregas vocais. Além do alívio tópico imediato, com seu corpo hidratado a nutrição das cordas vocais estará garantida através da micro circulação sanguínea que lá existe. Aqui vale aquela velha regrinha de beber no mínimo dois litros de água por dia (não só a voz, mas seu corpo todo agradecerá);
- Procure não abusar. Produzir a voz demanda um gigantesco uso de músculos, de pequeninos a enormes, incluindo músculos da respiração. Usar a voz por longos períodos cansa como uma ginástica! Portanto, falar muito pode gerar fadiga, principalmente naqueles músculos do pescoço, da “garganta”, da região da coluna cervical e ombros. Justamente lá onde “mora” a voz. Lembre-se de realizar períodos de descanso ao longo do dia, repousando a voz, ficando alguns minutos calado para evitar esta fadiga.
- Cigarro, álcool, drogas em geral, má alimentação e falta de sono prejudicam significativamente a voz. Que isso tudo faz mal pra sua saúde você já sabia. Agora sabe que influencia diretamente no uso da voz.
- Nada do que você engole passa pelas cordas vocais. Então não adianta tomar mel, usar pastilha, balinha ou qualquer outra receitinha caseira. Quase sempre isso tudo vai gerar cuidados paliativos e não diretos, como anestesia ou mascaramento dos sintomas que você estiver sentindo. O que resolve é cuidar da saúde e da imunidade.
- Mantenha uma boa postura corporal. Já ouviu falar que o corpo fala? Recomendo até um livro que tem este título! Pois bem, mantendo uma boa postura, você consegue se expressar melhor, não sobrecarrega áreas desnecessariamente e distribui as atividades pelo corpo com mais eficácia.
- Se sentir rouquidão, que é o principal sintoma que afeta a voz, procure redobrar o repouso vocal. Se este sintoma persistir por mais de 15 dias, procure um médico, mais especificamente um otorrinolaringologista.
O fonoaudiólogo também poderá te orientar, tratar da sua voz em caso de necessidade ou te ajudar no aprimoramento desta capacidade.
Cuide da sua voz todos os dias! Ela é o instrumento da sua comunicação!

0 comentários:

Postar um comentário

Vem comigo!

Método das Boquinhas - Renata Jardini

Loading...

Educação Especial

Loading...

Disfagia

Loading...

Fonoaudiologia Estética

Loading...

Consciência Fonológica em crianças de 3 anos pelo Método das Boquinhas

Loading...

A Divulgação da Fonoaudiologia!

AVISO

Este Blog é uma central de compartilhamento de informações, notícias, trabalhos científicos e arquivos. Sendo seu objetivo principal a interação entre fonoaudiólogos ou estudantes de fonoaudiologia e áreas correlacionadas, sendo assim sua participação é sempre de extrema importância. Além das informações e orientações sobre Fonoaudiologia e áreas correlacionadas, estarão disponíveis materiais terapêuticos, sendo que as autorias sempre serão respeitadas. O fornecimento dos Download visa suprir a dificuldade de acesso e aquisição de materiais em nossas áreas de atuação, porem jamais fazendo apologia a pirataria. Assim deixo um pedido: Caso possam adquirir as obras nas livrarias, compre-as, contribuindo assim com os autores e com o movimento da máquina científica. As publicações de minha autoria que estão sendo disponibilizadas podem ser utilizadas de forma livre pelos visitantes, peço apenas que divulguem a fonte e autoria do material.
“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento ao Odontopediatra, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia,Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”