2

Atraso de Linguagem Infantil

A melhor maneira de uma criança aprender a falar é convivendo com um mundo onde todos falam. A melhor maneira dela aprender sobre coisas do mundo é fazendo-a interagir com o ambiente que a cerca. A criança deve conseguir estabelecer relações entre objetos e fatos, construindo assim seu conhecimento a respeito do meio que a cerca. Se a criança ainda não consegue se expressar oralmente, ela terá que ser ensinada por você a aprender a explorar o mundo e a saber como interagir nele através da linguagem. Para ajudar as crianças que ainda não falam, procure seguir algumas dicas durante as brincadeiras e situações cotidianas:

•Use frases curtas e palavras de fácil compreensão para a criança. Garanta uma plena compreensão para só depois exigir um expressão oral. Vc já parou para pensar na época que vc começou a aprender inglês? Num determinado momento vc entendia tudo que era dito mas não sabia formar nenhuma frase, não é mesmo? Então, com a criança é a mesma coisa, primeiro ela compreende para depois começar a se expressar.
•Aguarde, observe e as intenções que a criança está manifestando. Dê oportunidade e tempo para estas manifestações e procure não agir antes dela.
•Mantenha a proximidade física e o contato face a face. abaixe-se para ficar de frente para a criança.
•Dê nome aos objetos e as ações realizadas. Não dê apelidos às pessoas e/ou objetos, e não repita os "apelidos" que a criança inventa para denominar o que está ao seu redor.
•Dê valor às brincadeiras de imitação e faz de conta.
•Crie pequenos problemas cujas soluções são atos comunicativos. Por exemplo: Dê o copo, mas não coloque o suco. Espere que a criança peça. ou... Se a criança apontar para a bola, dê a boneca. Veja a reação dela.
•Proporcione convívio com os outros grupos sociais, como por exemplo, escolas, clubes, parques, etc...
•Tenha brinquedos apropriados para a idade da criança e que favoreçam as interações.
•Conte histórias curtas. Utilize livros com figuras bem representativas. Procure a opinião de um fonoaudiólogo, caso a criança esteja apresentando dificuldades. Sabe-se, através de estudos, que o atraso de linguagem oral pode ter desdobramentos mais tarde na aprendizagem. A prevenção é o ideal. Se a criança for muito novinha, nem sempre é preciso um tratamento sistemático. Neste caso, poderá ser feito um acompanhamento (de tempos em tempos). Tudo depende das características do quadro. Cada caso é um caso, como diria o ditado, mas orientação é fundamental!! Brinque bastante com a criança e divirta-se! Há algum tempo, os estudos sobre prevenção dos problems de leitura e escrita se intensificaram. Hoje, a proposta de prevenção é baseada na estimulação da Consciência Fonológica e Habilidades Auditivas. Já em 1988 a fonoaudióloga Regina Cupello publicou um livro de título autoexplicativo "O atraso de linguagem como fator causal dos distúrbios de aprendizagem".

2 comentários:

Clarissa disse...

Le, parabéns pelo blog...mto sucesso nesta nova etapa da sua vida!!!
Grande beijo
Clarissa

Gina disse...

Le to adorando o blog
beijos...minha fono preferida

Postar um comentário

Vem comigo!

Método das Boquinhas - Renata Jardini

Loading...

Educação Especial

Loading...

Disfagia

Loading...

Fonoaudiologia Estética

Loading...

Consciência Fonológica em crianças de 3 anos pelo Método das Boquinhas

Loading...

A Divulgação da Fonoaudiologia!

AVISO

Este Blog é uma central de compartilhamento de informações, notícias, trabalhos científicos e arquivos. Sendo seu objetivo principal a interação entre fonoaudiólogos ou estudantes de fonoaudiologia e áreas correlacionadas, sendo assim sua participação é sempre de extrema importância. Além das informações e orientações sobre Fonoaudiologia e áreas correlacionadas, estarão disponíveis materiais terapêuticos, sendo que as autorias sempre serão respeitadas. O fornecimento dos Download visa suprir a dificuldade de acesso e aquisição de materiais em nossas áreas de atuação, porem jamais fazendo apologia a pirataria. Assim deixo um pedido: Caso possam adquirir as obras nas livrarias, compre-as, contribuindo assim com os autores e com o movimento da máquina científica. As publicações de minha autoria que estão sendo disponibilizadas podem ser utilizadas de forma livre pelos visitantes, peço apenas que divulguem a fonte e autoria do material.
“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento ao Odontopediatra, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia,Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”